Comportamento no Condomínio

– Em que em geral as pessoas pecam no seu comportamento no condomínio?

Não só no condomínio, mas em áreas coletivas, sala de uma casa ou banheiro e cozinha, parques e bares enfim, as pessoas não usam de solidariedade e gentileza e que se traduz em respeito.

A pouca responsabilidade que existe hoje no COM – seguir, no COM – partilhar, na ação COM – junta da colaboração, enfim no COM – – viver!

Concluir que o espaço é só seu e não coletivo, não recordar que ao sair do banheiro outro entra e deve encontrar o ambiente que ele gostaria de encontrar quando vai utilizar, e assim a piscina, o respeito com o silencio, higiene e harmonia do ambiente físico e psicológico, isto é, a ética da convivência.

-Crianças geralmente representam um potencial de briga grande, principalmente para aqueles que não têm filhos. Como pedir para os pais para que seus pequenos sigam as regras do local?

Este comportamento das crianças e adolescentes é o reflexo da falta de limites, da falta de ordem, e da falta de respeito, significa falta de educação e de bom exemplo que é o que verdadeiramente educa.

A não ser numa ocasião isolada, aos pais serem informados tomam providencias para que nunca mais aconteça e é necessário que mude dentro de casa, dentro da família para ser eficaz a mudança dos filhos.

 

-Como agir com os moradores que tratam os funcionários do condomínio como empregados domésticos?

Deve haver por parte da administradora ou do conselho do condomínio treinamento de pessoal que evitem submeter – se com educação e respeitos suficientemente enérgicos e informação aos condôminos das normas de conduta do conviver e bem viver em comunidade.

– E aquelas pessoas que sempre pedem “um minutinho” na vaga do outro, e acham que não incomodam, como agir?

A vaga é proibida para uso de visitantes e não moradores. Sujeito a multa a desobediência desta norma após contundente e repetidas informações a respeito. -Se o síndico faz aquele estilo mais descontrolado e estressado, alguma dica de como os moradores podem ajudar a melhorar esse comportamento?

Nisto não é possível interferir, se quiser melhorar o comportamento dele somente ele mesmo que pode mudar.

Posso interferir mais eficazmente quando eu mudo como exemplo, que é mais eficaz e nunca, nunca mesmo, fazer espelho tratando – o com descontrole ou falta de respeito, educação ou elevando a voz.

 By Daya Lima

Anúncios