F I B

 

No vôo de volta de minha mais recente viagem encontrei numa revista a diferença de PIB (produto interno bruto) e FIB (felicidade interna bruta), escrito por uma brasileira Márcia de Luca.

Ela diz grandes verdades, por exemplo, “o estresse diário causa tristeza, mas mesmo assim continuamos correndo.” Que hábitos maléficos mantemos sem esforço para transformações.

O conceito de Felicidade Interna Bruta nasceu em 1972, em um pequeno país do Himalaia, quando o rei do Butão questionou se o PIB seria o melhor índice para designar o desenvolvimento da nação. Começaram então praticar esse conceito e o resto do mundo foi atraído para este calculo novo de riqueza. Nisto estão incluídas a conservação do meio ambiente e a qualidade de vida das pessoas.

A FIB tem 4 pilares e sugiro que você adote no seu interno onde é o único lugar possível de transformação se você quiser ser feliz.  Economia, cultura, meio ambiente e governança de você mesmo são indicadores para a avaliação de Felicidade.

Bem estar psicológico avalia seu grau de otimismo e satisfação com sua própria vida, que relacionam – se com a prevalência das emoções positivas sobre as negativas, ou seja, egoísmo, calma, compaixão, generosidade, inveja e acrescento da minha experiência, alegria, paciência e gratidão.

Meio ambiente e saúde interna que deve ter equilíbrio entre água – sentimento, oxigênio – pensamentos adequados, solo – segurança e autonomia, biodiversidade – organismo sistêmico convivendo harmonicamente todos os pensamentos e sentimentos e sexualidade.

E a nossa ecologia interna e externa aproveitando de nossos valores internos em prol da qualidade de vida, consigo mesmo e com os outros.

A relação entre o conceito de bem estar e saúde é auto-explicativa. Sabemos hoje que há necessidade de resiliência para que haja bom proveito de educação e cultura e obviamente há necessidade de desbloqueios do eu para tal.

Resiliência é um conceito que vem da física e significa a capacidade de um objeto recuperar-se, de se moldar novamente depois de ter sido comprimido, expandido ou dobrado, voltando ao seu estado original. O dicionário Aurélio define o termo como “a propriedade pela qual a energia armazenada em um corpo deformado é devolvida quando cessa a tensão causadora duma deformação elástica” (Ferreira, 1986).

Você pode devolver sua forma essencial, desbloquear se, dissolver suas couraças e ter o seu FIB em ascensão sempre. Basta ter cultura externa e sobre você mesmo, ter acesso a educação e educar se, ter saúde e bem estar aproveitando de seus valores e potenciais internos, não utilizados, inexplorados e desconhecidos.

Como?

Proporcione se um processo de autoconhecimento, uma psicoterapia desbloqueadora corporal, um renascimento e reestruturação, uma psicoterapia processual brevíssima e você já estará em franco e rápido aumento do seu FIB.

Bem vindos a nossa tribo, aqueles que querem ser felizes e fazer o bem!

 3 FEVEREIRO 2010

 

 

Anúncios