BEM ESTAR E SAUDE!!!

NEWS LETTER OUTUBRO 2009  –

Vocês já pensaram em bem estar e saúde?

Bem estar e saúde ‘e o mesmo que felicidade. Se tenho saúde e me sinto bem, eu me sinto feliz!

E ‘e isso que eu quero? Que anseio? Ou ‘e o que desejo?

O que ‘e querer? ‘e diferente de desejar?

Eu prefiro o desejo, pois, ‘e carregado de tesao e garra! Os desejos movimentam nossa historia. Reluto com as esperanças, pois, para mim ‘e só’ esperar passivo…

Posso esperar, mas enquanto isto vou me mexendo e remexendo, vou entrando em atividades outras e não posso ficar passiva apenas esperando.

Preciso me sentir bem AGORA e acalentar minha saúde sentindo – me bem comigo mesma. Ser minha melhor amiga! Andar de mãos dadas comigo como boas

amigas. Proteger minha criança interna e minha adolescente agora que sou adulta. Compreender me cada vez mais, conhecer – me cada dia mais um pouco,

conviver bem comigo no dia a dia. Ouvir minhas palavras manifestas e meus pensamentos não manifestos com carinho e atenção, numa afetuosa conversa

comigo mesma… (fazer verso com, isto sim ‘e conversar!) recheada de alegria. Rubem Alves diz que Deus ‘e brincar e que quando brincamos estamos próximos

dele, no que consinto plenamente. Por isso as crianças brincam e são efetivamente próximas do Criador.

Eu adoro brincar… De casinha, quando cozinho e limpo minha casa. De gente grande quando vou trabalhar, de carrinho quando dirijo, mas com a maturidade e

responsabilidade de adulta, unindo os tempos em prazer e alegria. Não pela obrigação neurótica de ter que! E sim desejar fazer com motivos de prazer.

Não ‘e um livro de auto-ajuda, mas uma atitude de ajuda mutua, entre criança, adolescente e eu adulta, uma atitude de auto-ajuda.

Prazer! Por que fugimos dele e de ser feliz? O Dr. Wilhelm Reich afirma e eu comprovei nestes 57 anos e 35 de psicoterapeuta, temos medo de alegria

e felicidade, de prazer e de mudança, de sucesso. Lidamos bem com o mal. Aceitamos sempre. Mas e o prazer? Parece uma coisa difícil. Sera’?

Para que molestar – me e aos outros? Causar moléstias, doenças, ir contra a própria saúde.

Ser saúde ou ser dor ‘e uma escolha, uma determinação, eu determino meu caminho pela lei do livre arbítrio. E sei o que estou escolhendo para mim? Faço o que para ter saúde e manter – me saudável?

As pessoas ainda em 2009 não procuram técnicas psicoterápicas de autoconhecimento, deixam para quando estão bem mal ou com alguma moléstia física ou

emocional e não para ter mais qualidade de vida isto e’, ser saudável e sentir se bem, portanto ser feliz. E o tempo passa, e ‘e vida! A vida passa.

Cada conhecimento sobre si mesmo adquirido ‘e leveza no caminhar, ‘e sucesso no profissional, ‘e realização afetiva e satisfação familiar.

Você merece isto! Permita –se! Ouse!

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s