PÉS NO CHÃO!

11139764_10153154023677789_868401893_n

Existem várias expressões populares que significam muito para as pessoas entenderem e corrigirem sua postura.
Poucos sabem sobre isto. Por exemplo, ” a cabeça no mundo da lua” hoje chamamos de “falta de foco” ” DDA – distúrbio do déficit de atenção”, excesso de imaginação, sem o respaldo do senso de realidade.
E o senso de realidade chamamos de “pé no chão”. Quando pergunto qual o significado de pés no chão, me dizem contato com a realidade, pessoa centrada, criativa e não imaginativa, lúcida, sensata, equilibrada.
Para nós psicoterapeutas corporais conhecedores da bioenergética e seu criador Alexander Lowen, que trouxe do Tibet a técnica dos pés no chão e perna como responsáveis pelo equilíbrio do ser humano. Vejam o termo “grounding” ou enraizamento de Lowen, e a prática destas posturas produzindo e fortalecendo o equilíbrio interno a partir do equilíbrio externo, do corpo para o psicológico.
Observe você e observe os demais! Quando você está sentado onde ficam seus pés? Você observa seus pés? Ou o seu contato com a realidade estão onde, quem sabe esquecidos? Ou colocados no ar, apenas com os calcanhares ou pontas apoiados no chão? Ou quem sabe atrás das pernas da cadeira? Ou colocados por baixo do assento da cadeira? Ou com as pontas unidas e os joelhos, introvertendo as pernas e pés? Ou com os pés afastados e os calcanhares unidos, pontas dos pés virados para fora? Distorções graves das articulações! Também podem estar o pé direito ou esquerdo voltados para trás e o outro par frente, significando “já estou saindo” ou “quero fugir, sair correndo”.
Fico desesperada quando tomo café da manhã na panificadora ao lado de minha casa, restaurante, palestras e 99% das pessoas não colaços pés no chão, e também não caminham.
Os pés no chão diminuem os sofrimentos da alma, pois a maioria são de fundo e conteúdo imaginativo, pois dores existem, mas sofrimentos são opcionais.
Os pés no chão, o caminhar evita e diminuem as depressões,lutos, tristezas por separações e perdas, enfim minoram as dores.
Aumentam a capacidade de superação, benditos e abençoados pés!!!
Perdi metade do pé direito, já valorizava muito, mas agora abençoo com gratidão sempre a possibilidade de ter autonomia.
Vamos colocar os pés no chão e externar nossa realidade e não as fantasias que se apropriam do nosso eu consciente. E é mais uma face do respeito que devo ter comigo mesmo e manutenção do meu equilíbrio. Oportunize a você o bem estar que seu corpo foi criado para lhe dar, não o deforme tornando o deficiente, permita- se ser eficiente, você é!

Captura de Tela 2015-04-13 às 10.07.48

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s