As mulheres que se perderam de si mesmas.

Eu tenho tido a oportunidade de observar, ouvir e atender mulheres que não conseguem conciliar o tempo de função materna e suas outras funções, como dona de casa, esposa e profissional.
Vejo que a dificuldade, que será a solução e aí reside e é causa do conflito é o total esquecimento da responsável por todas estas funções, o EU, A MULHER, ELA MESMA, caída no esquecimento é quem se desorganiza ao ser esquecida por si mesma!
Condenável? Não, compreensível! Principalmente no primeiro filho, há uma grande mudança hormonal desconhecida anteriormente. Também uma mudança geral de casal transformando-se em família, gerenciamento de três ou mais e antes dois. De namoro leve e alegre, muitas vezes o bloqueio deste em prol de uma peso de responsabilidade que é imaginaria, pois responsabilidade DEVE ser leve! A perda da mobilidade fácil, o ganho de peso, e seu corpo em muita transformação. Se não apreciada, desejada e compreendida é muito acompanhada e sentindo-se segura, fica triste e pesado. Há mulheres que passam estafaste sozinhas, com seu parceiro que abandona, ou muitos presentes/ ausentes, omissos ou relapsos ou insensíveis a estas nuances do momento. Solidão a dois, maior do que solidão de fato, com ausência física e afetiva do outro. Abandonada com a presença do outro que gera um abandono de si mesma.
Mas mesmo com a experiência de outra ou outras gestações, e já com filhos nascidos, a organização faltando, permanece. Sim, também compreensível. Parece que algumas têm este Don e outras são loucamente ou simplesmente desorganizadas.
Muitas fazem mas permanece organizado por breves momentos, não sabem conservar a organização.
Homens já me procuraram para pedir socorro, porque suas casas são insuportavelmente caóticas. Porque suas mulheres não conseguem realizar organização, ordem e até mesmo falta de higiene, e cabe a eles estas tarefas e nao
E quando há produz no homem admiração e não a divisão delas. Sim, porque devem ser DIVIDIDAS, com COLABORAÇÃO MÚTUA.
Qual a causa deste CAOS?
A falta de mãe ou de alguém que tenha feito função materna para os filhos. Organização depende de que alguém lidere estas funções, o que significa que permitem que o outro aprenda fazendo e aperfeiçoando, não superprotegendo fazendo pelo outro, ou desqualificando como se não tivesse competência, ou simplesmente não dando atenção e importância a este fator para o futuro deste filho.
Uma criança que não integre na medida de seu desenvolvimento tarefas de escola, brincar e sua higiene e ordem com suas coisas originam adultos desorganizado e conflitados com as funções múltiplas simples e naturais do dia a dia.
O mesmo se aplica à organização família ou empresarial. Um LÍDER familiar ou empreendedor é organizado e ordeiro na vida PESSOAL com suas coisas e com sua EMPRESA, SUA VIDA PROFISSIONAL.